quinta-feira, 5 de setembro de 2013

JESUS NÃO VEIO FUNDAR UMA RELIGIÃO


Adaptação  irmão Paulo
Jesus veio ao mundo e não veio ao mundo para criar uma religião. Jesus não criou o cristianismo. Quem criou o cristianismo foi o Imperador Constantino. Jesus não criou o protestantismo. O protestantismo é um movimento histórico que aconteceu em razão de circunstancia religiosa do século VI relacionada entre a igreja católica e Martinho Lutero. Jesus não fez a reforma protestante, foi João Calvino, na suíça, que em razão daquilo que, também, já tinha animado o coração de Martinho Lutero no protestantismo, resolveu aprofundar o que veio a se chamar posteriormente de “reforma calvinista”. Assim como Jesus não criou nenhum dos “ismos”. Jesus não deixou uma única religião pra nós. Jesus não era pentecostal, nem neopentecostal. Jesus nunca fez propaganda de nenhum grupo religioso. O que ele chamou de IGREJA, não era um prédio, um edifício, uma placa. ERA GENTE. Era uma comunhão de pessoas, as quais ele chamou de discípulos. E o que vem a ser um discípulo? Discípulo é um individuo que aceita a disciplina de um mestre. E a disciplina deste “Mestre Jesus” não é disciplina de exterioridade, não tem haver com: não coma isto; não beba aquilo. Ao contrario, se você ler no Evangelho de Marcos, no capitulo sete, você vai ver que Jesus considerou puro todos os alimentos e acrescentou dizendo que o que contamina o homem não é o que entra pela boca, é o que sai da boca, é o que sai do coração, não é aquilo que agente come ou bebe. Portanto não é uma disciplina de ascetismo alimentar. Nem tão pouco Jesus ensinou que a disciplina dele tivesse haver com o modo de vestir, com o modo da gente se apresentar. O evangelho recomenda que, todos nós, sejamos sóbrios em tudo. Sóbrio no comer, sóbrio no bebe sóbrio no falar, sóbrio no nos posicionar. E mais que isto o maior exercício de sobriedade e não julgar os outros; é não enfiar o dedo na cara dos outros designando uns para o céu outros para o inferno. Lembra-se daquela parábola que Jesus contou? Chamada a “parábola do joio e do trigo” Quando no campo de homem que havia semeado só trigo apareceu também o joio. Os servo dele quiseram arrancar o joio e ele disse não façam isso; joio e trigo são muito parecido, e no afã de arrancar o joio vocês podem também arrancar o trigo e eu prefiro não perder o único trigo do que ficar livre de um monte de joio.  E o Senhor Jesus disse: “não tente separar vocês o joio do trigo” Seja por critérios morais; critérios éticos, culturais, religiosos, doutrinários ou de aparência. É que as aparências enganam frequentemente. Jesus disse é “pelos seus frutos que vós os conhecereis”. E que fruto é esse? É o fruto equivalente o de qualquer arvore de qualquer natureza. Jesus disse por ventura vocês colhem uvas de espinheiro? É claro que não. O espinheiro da espinho, conforme a sua natureza. A mangueira da manga, conforme a sua natureza. A figueira, da figo  conforme a sua própria natureza. Portanto, ao dizer que o fruto tinha haver com a natureza do ser; Jesus estava dizendo que o fruto era aquilo que procedia do ser humano e ele associou isto a uma manifestação sublime.  E Ele disse que o fruto do Espírito santo em nós é “amor” se alguém é de Deus essa pessoa ama se alguém não é de Deus não ama, por que Deus é amor. Como é que alguém pode ser de Deus e odiar? Com é que alguém pode ser de Deus e viver pra querer se vingar? Como é que alguém pode ser de Deus e não ter gentileza e carinho no tratar? Como é que alguém pode ser de Deus e desconsiderar e ignorar o seu próximo? Assim como Jesus disse; o homicida não é só aquele que pega numa faca e tira uma vida. Agente mata pessoas com o nosso julgamento, com as nossos palavras perversas, com nossa língua envenenada e peçonhenta agente destroem pessoas o tempo todo. Jesus disse cuidado com esse tipo de homicídio. Ele disse que desses homicídios o mais profundo é aquele que transforma o ser humano no zero a esquerda. Ele usou uma palavra aramaica para designar esse espírito. É aquele que diz que seu irmão é “raca” ou seja, é nada é um vácuo é uma nulidade é coisa nenhuma. Esse é um homicida que joga o outro na extinção e nunca será julgado por uma corte; por um tribunal, pois do ponto de vista legal ele não matou ninguém, mas, do ponto de vista espiritual e psicológico ele esta matando gente todo dia. E você que diz ser religioso. Você se diz ou católico ou protestante. Diversos grupo e matizes do protestantismo. E se jacta disto e fica com ódio de quem é diferente de você. [.......] Isto é um negocio horroroso e nojento. E acontece, apenas por que até hoje não entendemos a mensagem do de Jesus não entendemos que Jesus não veio criar uma religião. Não entendemos que Deus, de fato, é amor e que cada criaturinha humana, no planeta terra, é um objeto do amor de Deus. Mas enquanto isso, agente vai desenvolvendo enganos e enganos e vai sendo tomado pelos juízos que a religião vai colocando dentro do nosso coração e agente vai ficando gente má. A religião quando se torna a deusa da nossa compreensão perverte de tal modo a nossa consciência que gente que um dia foi boa, vai se tornando ruim, vai julgando as outras mesmo vai se tornando perversa joga os outros no inferno com uma facilidade enorme[....] É isso que a religião faz o tempo todo. Quando Jesus não veio a este mundo para nos ensinar religião; ele veio nos ensinar vida. Ele disse: “Eu sou o caminho a verdade e a vida ninguém vem ao pai se não por mim”. [.....] Há quem diga que tudo que foi dito é heresia. Mas como ser heresia ensinar a simplicidade do que Jesus ensinou? Dizer que Jesus não veio criar religião mas que veio ensinar agente a ser de Deus, a mar o próximo, a viver segundo o evangelho e o evangelho significa apenas boa nova. Boa nova qual? Que Deus estava em Jesus Cristo reconciliando consigo mesmo o mundo inteiro, e não atribuindo aos homens as suas próprias transgressões. Os homens é que não sabe disto, e a religião não ajuda por que a religião é uma produção humana, a palavra religião significa religação, religação na perspectiva de que é o homem que se religa a Deus, por meio de código de conduta por meio de moralidades externas, por meio de disciplinas, acéticas, não como isto, não beba aquilo, não toque naquilo outro, por meio de reuniões e congregações no mesmo lugar, se alguém pertence àquela agremiação estar salvo se não pertence estar perdido é um herético. Religião é a ante coisa em relação ao que Jesus veio ensinar. O que, de fato, aprendemos com Jesus é que se alguém quer ser religioso tem que a prender a amar o próximo é a única religião, se é que Deus fosse considerar uma religião, a único que ele consideraria era aquela que não nos separa que não cria apartheid, que não é de muralha, que não julga os outros ao contrario assim como Deus é amor, é aquela que nos faz amar que nos ensina a graça de Deus em relação aos outros. E que segue o evangelho na simplicidade do que o evangelho ensina, pois o evangelho não é um conjunto de regras. O apostolo João disse “olha se você quiser resumir o evangelho em uma só coisa o evangelho é o amor a Deus e o amor ao próximo e é tratar o próximo como agente quer que o próximo nos trate, com amor com graça e com misericórdia. E o irmão de Jesus, apostolo Tiago, nos diz o seguinte, na sua única epistolo no novo testamento capitulo primeiro versos vinte e seis e vinte e sete: “ se alguém supõem ser religioso deixando de refrear a sua língua, antes enganando seu próprio coração, a sua religião é vã” ele já começa com a ironia da suposição de que o cara seja religioso. Mas se você milita nesta suposição fique sabendo não há nenhuma ligação de você com Deus de Deus com você se não começar por você refrear sua língua. Jesus disse que de toda palavra frívola que os homens proferirem eles darão conta delas no dia do juízo, especialmente essas palavras que agente usa pra dizer esse aqui é de Deus aquele não esse aqui tá no inferno este aqui estar no céu, por causa das agremiações religiosas que Jesus não conhece e não inventou. E olha só como ele prossegue: “a religião pura e sem macula para com Deus e pai é uma só e é essa: visitar os órfãos e viúvas nas suas necessidade e manter-se incontaminado do mundo”. Por isso meu querido, minha querida, você que anda com a cabeça cheia desta maluquice religiosa longe do amor de Deus, levantando as mãos nos templos e saindo de lá e enchendo a cara dos outros de bordoada, cantando louvores ao senhor e saindo de lá amaldiçoando as pessoas com língua de cascavel doente e perversa. [..] Se desanime com você mesmo, se se ver retratado nesta doença e procure a verdade em Jesus Cristo. Se você labora neste engano, hoje é o dia de você parar com isso. Esta é a hora de você, em nome do Senhor Jesus, dizer Senhor Jesus tira de minha cabeça todo este engano religioso e me ajuda a voltar pro evangelho, voltar pra tua palavra, voltar só para te, eu só quero saber do que tu ensina, eu só quero saber da tua palavra pura e simples, no meu coração. [......]  
Citação:  Caio Fabio
Fonte: www.caiofabio

Nenhum comentário:

Postar um comentário